O relator da prestação de contas do exercício de 2014 da Prefeitura Municipal de João Pessoa, conselheiro Fernando Catão determinou, por meio de medida cautelar, a suspensão da licitação para contratação de empresa ou consórcios, que ficarão responsáveis para elaboração de projeto básico, e execução das obras de mobilidade urbana. Em decisão singular, publicada no Diário Eletrônico do Tribunal de Contas, nesta terça-feira (23), o conselheiro destacou que a suspensão deve vigorar até que as falhas identificadas no processo sejam sanadas.
     
    Com a medida, o TCE-PB suspende a contratação para elaboração de projeto executivo de engenharia e projeto ambiental, a execução das obras de pavimentação e drenagem da faixa exclusiva para ônibus em concreto de cimento, restauração da pista existente e instalação de sistema ITS. Essas obras viabilizariam a implantação de cinco corredores de transporte coletivo de passageiros (BRT), com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) destinados á mobilidade de grandes cidades.
     
    A decisão do relator foi tomada após uma inspeção especial de licitação, e contratos, para que não haja prejuízo aos cofres públicos. De acordo com o edital publicado pela Prefeitura de João Pessoa, o recebimento e a abertura das propostas ocorreriam no dia 10 de outubro próximo. A medida cautelar de suspensão está prevista no artigo 195 do Regimento Interno do Tribunal de Contas do Estado. “As irregularidades constadas comprometem a lisura do procedimento licitatório em questão”, ressalta em seu despacho o conselheiro Fernando Catão.
     
     
    O TCE-PB citou o secretário de Planejamento, Rômulo Polari, e o presidente da Comissão Especial de Licitação da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Newton Euclides da Silva, para que num prazo de 15 dias possam apresentar defesa e esclarecer todos os pontos do processo licitatório questionados na inspeção especial, sob pena de multa.
     
    O prefeito Luciano Cartaxo também foi notificado sobre a determinação do TCE-PB, para a “adoção de providências que entender cabíveis, sob pena de responsabilidade solidária”.
     
    A medida cautelar seguirá para avaliação dos membros da 1ª Câmara do TCE, na próxima sessão.


    Da Redação
    com MaisPB 

    Cícero nega envolvimento com RC
     O senador Cícero Lucena usou as redes sociais no final da tarde desta segunda-feira (22) para deixar claro que não tem nenhum envolvimento com o governador Ricardo Coutinho (PSB).

    A explicação do tucano surge logo após a adesão de familiares à candidatura do socialista, que disputa à reeleição. Com um histórico de embates com o então governador, Cícero se pronunciou hoje de maneirapública sobre a decisão do sobrinho e disse que não compartilha do mesmo pensamento.

    Em texto publicado nas redes sociais, Cícero assegurou que permanecerá neutro neste pleito: "A decisão de Fabiano não é a minha!".


     
    Da Redação
    comPB Agora  

    Michelly Crisfepe (Foto: Instagram/ Reprodução)

    Michelly Crisfepe exibiu corpo ultramusculoso ao se bronzear em Las Vegas, durante a tarde de terça-feira (23). A ex-BBB chamou atenção ao publicar, no Instagram, uma foto de biquíni enquanto colocava o bronzeado em dia em Las Vegas, nos Estados Unidos. "50 Graus", escreveu.
    Ela recebeu muitos elogios pelo corpo. "E esse corpo? Maravilhosa", escreveu uma internauta. "Tu prefere que eu comente que ta F$%^ ou SENSACIONAAL?!", comentou outra.
    Da Redação
    com QUEM

    Geisy Arruda (Foto: Reprodução/Instagram)

    Geisy Arruda usou foto decotada para rebater críticas aos seus seios (Foto: Reprodução/Instagram)

    Geisy Arruda e Solange Frazão (Foto: Reprodução/Instagram)
    Geisy Arruda usou sua página do Instagram, na tarde de terça (23), para mostrar que está firme e forte na dieta e exercícios. Ela posou de maiô superdecotado à beira da piscina e recebeu diversos elogios - e algumas críticas - dos seguidores.
    "Tá linda", "linda com esse corpo mesmo", "delícia" e "você está linda, não ligue para comentários invejosos". Os críticos de plantão, porém, não perdoaram e enviaram comentários maldosos à loira. "Tá flácida", "devia ter usado um maiô que levasse seus seios" e "peito caído" estavam entre as mensagens de outros internautas.
    Logo depois, Geisy usou uma foto em que seus seios chamam muito a atenção para rebater as afinetadas. "Para a mulherada que esta 'preocupada' com o meu silicone, vamos lá... Ele foi colocado já pra ter esse feito mais natural, odeio efeito de 'seio duro', e caso eu queira mudar isso um dia, só preciso dar um telefonema...agora parem de cuidar dos meus seios, e vão levantar a bunda do sofá e ficar gostosa! #FicaADica #BeijoPrasRecalcadas", rebateu ela.
    Da Redação
    com QUEM

    Relembre outros amores da atriz - 1 (© Instagram)

    Antonia Fontenelle namorou Emerson Sheik por apenas dois meses, mas vivia fazendo declarações de amor ao atleta na internet. Essa fase, pelo visto, passou e o jogador teria dado seu lugar a outro na fila.

    A atriz teria arrumado um novo amor e estaria mais apaixonada do que nunca. No entanto, a identidade do rapaz ainda seria mantida em segredo, por se tratar de uma relação muito nova, segundo o jornal "Extra".

    Vale lembrar que no início deste mês, a loira utilizou o Instagram para insinuar que seu coração estava preenchido. "Paraíso com ele", publicou na legenda de uma foto de uma paisagem de praia.

    Da Redação
    com msn


    Passeio em alusão ao Dia Mundial Sem Carro
    O Dia Mundial Sem Carro em João Pessoa pode terpassado em branco para muitos motoristas, mas foi diferente para cerca de 300 pessoas que se reuniram para um passeio ciclístico que percorreu a orla na noite dessa segunda-feira (22).
    De acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana, a concentração ocorreu por volta das 19h30, no Busto de Tamandaré, e às 20h30 os ciclistas invadiram a Avenida Almirante Tamandaré com as 'magrelas' de todos os tipos: grandes, pequenas, simples e modernas.

    Por solicitação dos ciclistas, o percurso que seguiria até o final da João Maurício foi ampliado até a Avenida Campos Sales, próximo ao Clube dos Médicos, voltando pela Fernando Luiz Henrique dos Santos, Edson Ramalho, seguindo até o final da Avenida Cabo Branco, retornando ao Busto de Tamandaré. Foram 25 quilômetros (km) feitos em uma hora e meia pelos ciclistas, acompanhados por batedores da Semob, que fizeram as intervenções no trânsito bloqueando todas as ruas do percurso para garantir a segurança dos participantes.

    O superintendente de Mobilidade Urbana, Roberto Pinto, que fez todo o trajeto de bicicleta, considerou a atividade do Dia Sem Meu Carro um sucesso. “Dentro da política de melhoria da mobilidade, não poderíamos deixar de realizar um evento nesta data chamando a atenção da população para novas formas de mobilidade urbana, visando o desenvolvimento sustentável e sem prejuízos ao meio ambiente. Para nós, o passeio superou as expectativas”, disse o gestor. 

    Da Redação
    com portal correio

    Projeto de uma nova praça nos Bancários


    O prefeito Luciano Cartaxo estará no bairro dos Bancários, na manhã desta quarta-feira (24) para entregar obras e autorizar o início de novas ações. A agenda começa às 8h, quando será realizada a entrega da pavimentação e drenagem de trecho da Rua Genésio Gambarra Filho. Logo em seguida, o prefeito irá até o cruzamento entre das ruas Aristides Medeiros de Barros e Bancário Luiz Prímola da Silva, onde vai assinar a ordem de serviço para a construção da Praça José Sales Sobrinho.


    Com investimento de R$ 246 mil, a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) vai entregar as obras de drenagem e pavimentação de trecho com 300m de extensão da Rua Genésio Gambarra Filho localizado entre as ruas Radialista Antônio A. de Jesus e Rejane Freire Correia. “A pavimentação de vias representa uma melhoria significativa na qualidade de vida da população, que ganha em mobilidade e saúde”, avaliou.

    No outro ponto do bairro, o prefeito vai autorizar o início das obras de construção da Praça José Sales Sobrinho, que ficará localizada em uma área 1.453 m² e vai receber investimentos da ordem de R$ 127 mil. A obra vai beneficiar diretamente cerca de 12 mil pessoas, que recebem da PMJP um espaço novo, construído com base em um projeto que visa bem-estar social, dotado de acessibilidade.

    A construção do espaço público inclui novos bancos de alvenaria e de concreto armado, construção de rampas de acessibilidade, um projeto de paisagismo e arborização, nova iluminação no local, área para cooper, academia para terceira idade (ATI) e mesa de jogos.

    Praças

    O trabalho iniciado na Praça José Sales Sobrinho é um dos projetos da Prefeitura de João Pessoa para transformar a Capital paraibana em uma cidade jardim. Dentro da política de preservação dos espaços públicos de convivência, 14 praças foram revitalizadas ou estão com obras em andamento. Entre os equipamentos que já foram devolvidos à população estão a Praça da Pedra e a Praça das Muriçocas.

    Da Redação
    com portal correio

    Esculturas do artista embelezam Estação Cabo Branco
    As bandeiras da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes amanheceram a meio mastro pelo falecimento de um dos maiores escultores brasileiro. Abelardo da Hora, autor da série de esculturas “Mulheres”, que embelezam os jardins da Estação e dão vida ao complexo arquitetônico, faleceu aos 90 anos, na manhã desta segunda-feira (22), 8h45, em Recife (PE).

    A diretora da Estação Cabo Branco, Marianne Góes, lamentou o falecimento do artista e disse que as obras de Abelardo da Hora se confundem com a própria Estação. “Perdemos um grande artista, mas suas obras ficam eternizadas em nossa cidade”, comentou.

    O escultor não resistiu a um edema pulmonar, após passar mais de 15 dias internado no hospital Memorial São José. Neste ano ele já havia sido internado várias vezes com problemas respiratórios.

    Por telefone, o filho Abelardo da Hora, disse que o pai foi um guerreiro. “Ele lutou até o fim. Mas, infelizmente não resistiu”, lamentou Abelardo da Hora Filho, que administra o Instituto Abelardo da Hora e o acompanhava em suas atividades artísticas.

    Da Redação
    com portal correio

    Cagepa é denunciada a Justiça por medida eleitoreira em Sousa
    O Prefeito do Município de Sousa, André Gadelha (PMDB), procurou a Justiça Eleitoral para formar queixa e pedir investigação sobre a falta de água por três dias na Cidade.
    De acordo com o chefe do executivo sousense, o problema pode ter ocorrido motivado por questões politicas, levando em consideração, a disputa eleitoral nestas eleições de 2014 entre os Grupos políticos do Município.
    André baseou sua queixa na afirmação da Gerencia Regional da CAGEPA, ao afirmar que faltou energia no setor de Tratamento, o que teria ocasionado à parada dos motores, consecutivamente, o abastecimento em Sousa, Marizópolis, e os Núcleos Habitacionais.

    A Energisa por sua fez através do Regional em Patos teria dito a Assessoria do Prefeito que neste final de semana não recebeu nenhum registro de queda de energia na Região de São Gonçalo, o que colocaria por terra a informação na Cagepa. Ciente que tudo não passava de uma "sabotagem" para prejudicar sua Gestão, André Gadelha procurou a Justiça Eleitoral, e fundamentou sua denúncia, e pediu que fosse apurada a informação, por que a "máscara" caiu. 


    O Promotor de Justiça, Dr. Leonardo Quintans disse que vai ouvir ainda hoje o Gerente Regional da Cagepa, Dedé Veras com o objetivo de esclarecer a questão que ganha corpo em toda sociedade, que sofre com o desabastecimento em toda comunidade desde a última sexta-feira, quando de forma inesperada, os motores do setor de tratamento de água param na Cagepa.


    O Superintendente da Cagepa na Paraíba, Deusdette Filho, interviu no debate, usando a Imprensa local, e disse que o Órgão não tem nenhum interesse de prejudicar a população sousense, por isso que estava construindo uma estação de tratamento de água no Alto do DNOSC com água da Barragem de Coremas para que nos próximos meses não haja uma desabastecimento completo no Município de Sousa.


    O Prefeito de Sousa, André Gadelha (PMDB), sustenta que a oposição ao seu Governo não aguenta ver os números ascendentes de crescimento na sua Gestão, por isso fica procurando boicotar de todas as formas sua administração, mas que o povo já sabia que tudo não passava de politicagem, uma forma mesquinha de prejudicar os mais humildes de Sousa.


    Durante participação do Gerente Regional da Cagepa, Dedé Veras na manhã de hoje nos programas locais, declarou inoperância do DAESA, e afirmou que caso, o serviço do DAESA fosse de responsabilidade da companhia, o problema não estaria existindo.

    Da Redação
    com Click PB


    Número de fatalidades por defeito na chave de ignição em veículos da marca aumentou

     Duas mortes foram acrescentadas ao saldo de fatalidades ligadas a um defeito na chave de ignição em veículos da General Motors, com o número total subindo para 21, de acordo com um relatório desta segunda-feira de um advogado que supervisiona um programa para compensar as vítimas de acidentes relacionados à falha.
    Desde 1º de agosto, 675 pedidos de compensação por ferimentos graves ou mortes supostamente causadas pela chave de ignição foram recebidas pelo programa, que está sendo supervisionado pelo advogado Kenneth Feinberg.
    Tendo como referência a última sexta-feira, 21 reivindicações por morte tinham sido consideradas elegíveis, bem como 16 pedidos por lesões físicas graves, de acordo com estatísticas fornecidas pelo escritório de Feinberg.
    O programa continuará a receber pedidos de indenização até 31 de dezembro em nome de indivíduos feridos ou mortos em acidentes supostamente causados pela chave de ignição, que levou ao recall de 2,6 milhões de veículos neste ano. Um problema com a chave de ignição pode fazer com que ela saia de posição, parando o veículo e desabilitando os airbags.
    Na semana passada, na primeira atualização desde que o programa começou a aceitar pedidos, o escritório de Feinberg informou a aprovação de 19 solicitações por morte, mais do que as 13 mortes oficialmente reconhecidas pela empresa como sendo ligadas ao problema. Até sexta-feira, um total de 143 pedidos por morte haviam sido submetidos ao programa.
    O porta-voz da GM, Dave Roman, disse que a empresa aceitou as determinações de Feinberg e que os números da empresa referentes aos acidentes ligados à chave de ignição foram determinados usando "critérios muito diferentes do programa de compensação". A meta da empresa é atingir o maior número de pessoas elegíveis que for possível, disse ele em um comunicado.
    O valor da indenização por pedido não tem um limite definido. De acordo com o protocolo do programa, as queixas por morte elegíveis receberão pelo menos US$ 1 milhão, valor que pode aumentar dependendo de fatores como o número de dependentes deixados pelas vítimas. A GM separou US$ 400 milhões para cobrir os custos de compensação.

    Último Segundo

    Base do Sindicato dos Bancários da Paraíba se reúne em assembleia dia 25

    O Comando Nacional dos Bancários considerou insuficientes as propostas de caráter econômico apresentadas pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) na sétima rodada de negociações da Campanha 2014, na última sexta-feira (19), que incluem reajuste de 7% no salário (0,61% de aumento real), na PLR e nos auxílios refeição, alimentação e creche, além de 7,5% no piso (1,08% acima da inflação).
    Além de rejeitar a proposta da Fenaban, o Comando Nacional aprovou um calendário de mobilização para pressionar os bancos a apresentarem novas propostas que atendam às expectativas da categoria, apontando para a deflagração de greve por tempo indeterminado a partir de 30 de setembro. Base do Sindicato dos Bancários da Paraíba se reúne em assembleia dia 25, para avaliar proposta e definir sobre a greve. 
     
    Da Redação
    com wscom

    Pesquisa contratada pela CNT mostra Aécio com 2,9% de crescimento

     A presidente Dilma Rousseff (PT) abriu 8,6 pontos de vantagem sobre Marina Silva no primeiro turno das eleições, revela pesquisa do instituto MDA. A candidata à reeleição pelo PT tem 36% das intenções de voto, contra 27,4% da adversária do PSB. O candidato do PSDB, Aécio Neves, manteve a linha de crescimento, subindo mais 2,9 pontos, com 17,6% das intenções de voto. Luciana Genro (PSol) pontuou 0,7%, Pastor Everaldo (PSC) aparece com 0,4% e os outros candidatos com 0,7%.
    A mostra foi divulgada na manhã desta terça-feira 23 em Brasília pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Em uma das simulações de segundo turno, Dilma teria 42% das intenções de voto, empatando tecnicamente com Marina, que teria 41%, mas diminuindo a distância entre as duas candidatas. Entre Dilma e Aécio, a candidata do PT seria reeleita com 45,5%, e Aécio registaria 36,5%, segundo a pesquisa. No cenário com Marina, ela aparece com 43,1% e Aécio com 32,9%.
    No último levantamento CNT/MDA, divulgado há duas semanas, Dilma tinha 38,1% das intenções de voto (queda de 2,1 pontos), contra 33,5% de Marina (queda de 6,1 pontos) e 14,7% de Aécio Neves (que cresceu 2,9 pontos). Na simulação de segundo turno, Dilma e Marina estavam tecnicamente empatadas, mas com Marina quase três pontos à frente: 45,5% contra 42,7%.
    Na pesquisa espontânea - quando os entrevistadores não apresentam placas com os nomes dos candidatos - Dilma subiu de 30,9% para 31,4%, enquanto Marina caiu de 25,8% para 23%. Aécio Neves mostrou um forte crescimento de 4,3 pontos percentuais, chegando a 14,4%. A maioria dos entrevistados (51,2%) acredita que a atual presidente será reeleita. Para 29,2%, Marina Silva vencerá e 7,7% consideram que Aécio Neves será eleito.
    Para 37,4% dos entrevistados, o governo da presidente Dilma é 'ótimo' ou 'bom'. Para 25,1%, a avaliação é negativa. Os resultados variaram pouco se comparado com a pesquisa anterior, quando a avaliação era positiva para 37,5% e negativa para 23% dos eleitores.
    A pesquisa divulgada nesta terça-feira foi realizada entre os dias 20 e 21, com 2.002 entrevistados de 137 municípios brasileiros. A margem de erro do levantamento é de 2,2 pontos.
    Da Redação
    com wscom

    Preços cobrados por alimentos seguem altos
    A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,43% na terceira semana de setembro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa é 0,04 ponto percentual superior à verificada na segunda semana de setembro, que foi 0,39%.
    O aumento da taxa foi puxado, principalmente, pelo grupo de despesas de habitação, onde a  taxa passou de 0,46%, na segunda semana, para 0,51% na terceira semana. O principal item responsável pela inflação nesse segmento foi a eletricidade residencial, que ficou 1,66% mais cara na terceira semana de setembro.
    Outros grupos que contribuíram para a alta do IPC-S foram comunicação (a taxa subiu de 0,09% para 0,45%), alimentação (de 0,43% para 0,47%) e transportes (de 0,28% para 0,29%).
    Já os três grupos de despesas que tiveram queda na taxa entre as duas semanas foram saúde e cuidados pessoais (0,53% para 0,47%), vestuário ( -0,01% para -0,02%) e despesas diversas (de 0,20% para 0,19%). O grupo educação, leitura e recreação manteve a mesma taxa nas duas semanas: 0,64%. O IPC-S é calculado semanalmente com base em preços coletados no período de um mês.
    Da Redação
    com portal correio

    Presidente da CPMI da Petrobrás pedirá o acesso a delação premiada do ex-diretor da estatal.

    O senador paraibano Vital do Rêgo Filho  (PMDB) confirmou, nesta terça-feira (23), que vai manter audiência com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, nesta terça-feira (23), às 18h30. Também participarão da reunião o ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Operação Lava-Jato na Corte, e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

    Na pauta, a solicitação para que os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito Mista (CPMI) da Petrobrás tenham acesso às informações contidas na delação premiada do ex-diretor da estatal, Paulo Roberto Costa, junto ao Ministério Público e à Polícia Federal.

    Desde que as informações referentes a delação vazaram na imprensa, ninguém obteve acesso aos documentos de forma oficial. 

    "O que nós estamos vivendo é o vazamento de informações sobre personalidades sem conteúdo, pois, não houve a lide, ou seja, a conexão para aqueles instrumentos pudessem gerar efeito. Quando eu convoquei o Paulo Roberto era para que ele identificasse essas pessoas. O que nós esperávamos não aconteceu, mas não vamos desistir e vamos buscar, se preciso for, as informações junto ao Supremo Tribunal Federal (STF)”, disse Vital do Rêgo em entrevista ao WSCOM online, na última semana.
    Da Redação
    com WSCOM 


SUBIR